Hogwarts Legacy recebe data de lançamento

Adiamento de Hogwarts Legacy

Na última sexta-feira (12), tivemos, finalmente, a divulgação oficial da data de lançamento de Hogwarts Legacy: será dia 10 de fevereiro de 2023. Até então, todo mundo achava que o game iria sair em dezembro de 2022. É uma péssima notícia para os ansiosos, mas já havia rumores de que o jogo sofreria esse adiamento, tendo em vista que estava com agenda atrasada em relação à God of War e Pokémon, dois outros grandes lançamentos do ano.

Portanto, na última semana, a página oficial de Hogwarts Legacy no Twitter publicou a notícia do adiamento:


Tradução:

Hogwarts Legacy será lançado no dia 10 de fevereiro de 2023 para PlayStation, Xbox e PC. A data de lançamento para Nintendo Switch será revelada em breve.  O time está animado para que vocês jovem, mas nós precisamos de um pouco mais de tempo para entregar a melhor experiencia de game possível.

O que nos resta é esperar até o dia 10 de fevereiro de 2023 para explorar os corredores de Hogwarts e locais próximos.

Confira abaixo, a mensagem em vídeo de Chandler Wood, gerente da comunidade do jogo.

Certo, mas qual é a história de Hogwarts Legacy?

Hogwarts Legacy acontece nos anos 1800, ou seja, bem antes dos eventos dos livros e filmes principais – que se passam entre 1991 e 1998. Geralmente, os alunos começam os estudos aos 11 anos, mas o protagonista do game está começando tarde, no quinto ano e além disso, tem a habilidade incomum de dominar a Magia Antiga.

Mundo aberto

Você vai poder explorar Hogwarts por todos os cantos, mas o RPG é de mundo aberto então a escola de magia não será a única área explorável de Hogwarts Legacy. O jogador vai poder fazer uma visitinha a Hogsmeade, o vilarejo bruxo perto da escola, onde os estudantes vão às vezes. Além disso, Banco de Gringotes e Beco Diagonal também poderão ser visitados. Enfim, você não ficará limitado a Hogwarts e terá liberdade em andar por diversos locais do mundo bruxo.

Participação de JK Rowling

Acho que uma curiosidade que muita gente tem é se a autora de Harry Potter, JK Rowling, está envolvida na produção do game. Isso se deve ao fato de que ela gerou polêmica após fazer recorrentes comentários considerados transfóbicos pela comunidade LGBTQIA+.

De fato, a imagem de JK Rowling está bem ruim e uma parcela dos fãs já chegou a tentar promover um boicote a produtos da saga, incluindo Hogwarts Legacy. A Avalanche teve que vir a público esclarecer que não, a autora não está diretamente envolvida com o RPG. Na verdade, a equipe de produção está tentando deixar o game o mais inclusivo possível, com a possibilidade e criação de personagens trans.

Indo na contramão do que JK Rowling tem comentado nos últimos anos, os jogadores poderão criar seu personagem e escolher uma voz masculina ou feminina sem depender do tipo de corpo escolhido. Após a criação do personagem, o jogador escolherá entre ser chamado de “bruxo” ou “bruxa”, o que similarmente define o seu dormitório em Hogwarts.

Crie seu próprio bruxo ou bruxa em Hogwarts Legacy

Como citado acima, haverá a possibilidade de se criar seu próprio bruxo ou bruxa, não só podendo personalizar o nome, cor da pele, cabelo, rosto e olhos, mas também com roupas típicas da década de 1890.

Todo fã de Harry Potter sabe que, assim que os estudantes chegam a escola, são divididos em casas. Hogwarts Legacy permite com que o jogador escolha aquela de qual quer fazer parte, então você pode ser da Grifinória, Sonserina, Lufa-Lufa ou Corvinal.

Além disso, vai haver um sistema de moralidade então, dependendo das escolhas dos jogadores, o protagonista vai seguir por um caminho sombrio ou por um caminho heróico. Essa regra moral ainda não foi detalhada, mas poderá afetar habilidades, relacionamentos com outros alunos, entre outras partes do jogo.

Clique aqui para conferir mais notícias no Clube do Videogame.

Compartilhe

Letícia Höfke

Letícia Höfke

Sou jornalista, escritora e completamente apaixonada por tudo que envolve o universo geek. Twitter e Instagram: @leticiahofke

Veja também