ESPORTS: Hotel que recebia eventos de CS:GO e Dota 2 na Ucrânia é atingido por míssil

Por causa das bombas, a fachada do hotel foi totalmente destruída e o local ficou inabitável
Quem compartilhou a informação foi Vitalii Volochai, caster ucraniano de esports, através de suas redes sociais.
“O Hotel Alfavito, usado por Starladder e outros para diferentes torneios de esportes em Kyiv, foi atingido por um foguete hoje. As equipes Dota2 Kyiv Minor viveram e treinaram lá. Convidados e equipes dos eventos Starladder CSGO também moraram em Alfavito”, diz o tweet.

A StarLadder também usou o Twitter para se pronunciar sobre o bombardeio e pedir doações a Ucrânia.

“Foi aqui que os jogadores de CS e DOTA 2 ficaram quando o StarLadder realizou o StarSeries em Kiev. Esports está fora da política, né? Ajude a parar com isso. Apoie a Ucrânia com doações”, disse.

O hotel recebeu muitos jogadores de CS:Go que foram ao país discupar os torneios da StarLadder.

Oleksandr “s1mple”, um dos maiores atletas da modalidade, também compartilhou o acontecimento em seus stories no Instagram.

Quando começou o conflito

O conflito entre Rússia e Ucrânia começou no dia 24 de fevereiro de 2022 após tropas russas, lideradas por Vladimir Putin, invadirem o território ucraniano.

Mas por que a Rússia resolveu invadir a Ucrânia?

Os países viviam já sob tensão, tensão essa que pode ser entendida mediante a análise das relações históricas entre ambos, tendo como foco a incorporação do território ucraniano à União Soviética, ao contexto da Guerra Fria e ao domínio sobre a península da Crimeia – em 2013, houve a anexação da Crimeia ao território da Rússia, e os russos declararam apoio às regiões separatistas do leste da Ucrânia.

Tudo também piorou quando a Ucrânia começou uma maior aproximação com organizações como Otan.

A Otan é uma aliança política e militar que tem por objetivo a resolução e prevenção de conflitos e a proteção de seus países-membros. Após o fim da Guerra Fria – aquela lá entre os Estados Unidos e a União Soviética pela hegemonia do mundo -, a organização cresceu para o Leste Europeu, criando uma maior aproximação da Ucrânia nos últimos anos.

A possibilidade da Ucrância ingressar na Otan significaria uma maior aproximação do país em relação ao Ocidente e uma dimininuição da influência russa por ali. Além disso, os demais países-membros da Otan poderiam proteger a Ucrânia, aumentando a capacidade militar dos ucraninos e representando uma ameaça maior para a o país comandando por Vladimir Putin.

Outra causa pode ser que a Ucrânia iniciou também o diálogo com a União Europeia, demonstrando interesse em integrar ficialmente o bloco. Em 2013, já havia essas negociações, mas elas foram suspensas pelo presidente do país que tinha ideias alinhados à Rússia. Por causa da uma intensa onda de protestos da população ucraniana, ele foi deposto em 2014.

Consequência da guerra entre Rússia e Ucrânia

Toda a comunidade internacional é impactada pelos acontimentos entre Rússia e Ucrânia nesse contexto de guerra.

  • Há um grande número de refugiados ucranianos, deslocando-se para países como Polônia e Hungria;
  • Isso sem falar as centanas de pessoas mortas, feridas e desaparecidas em função dos ataques;
  • Destruição de cidades em bombardeios, como foi o caso do hotel Alfavito, citado no início desta matéria;
  • Está acontecendo uma enorme crise econômica e humanitária;
  • A Ucrânia está perdendo vários territórios estratégicos para a Rússia, como cidades portuárias ucranianas no mar negro;
  • Interrupção no fornecimento de gás natural da Rússia para a Europa
  • Imposição de sanções econômicas à Rússia
  • Isolamento diplomático da Rússia

Empresas de jogos fazem sansões e boicotes à Rússia

Ao longo do ano, várias empresas se juntaram para ajudar a Ucrânia, como a Square Enix, que divulgou que doou US$ 500 mil para esforços humanitários no país. A Riot também arrecadou mais de 3 milhões de dólares para ajudar a Ucrânia e o Leste Europeu. A Sony doou dois milhões de dólares à agência de refugiados da ONU e à organização Save the Children. Quem também já ajudou foram a Embracer Group, 11 bit studios, Bandai Namco, CD Projekt Red, Supercell, Ubisoft, Unity e a The Pokémon Company.

Isso sem falar todas as sanções que organizações e jogadores de esports russos sofreram.

Compartilhe

Leticia

Leticia

Sou escritora, jornalista e completamente apaixonada por tudo que envolve cultura pop. Instagram e twitter: @leticiahofke

Veja também